Cadeias de Valor Inclusivas

Valorização da cultura e biodiversidade

Para o Instituto Peabiru, promover a sustentabilidade da Amazônia Oriental é também fortalecer a posição econômica das comunidades rurais excluídas, ao mesmo tempo em que se valoriza a biodiversidade e os recursos socioambientais.

Por isso, esta área de trabalho dedica-se a ações de apoio e incremento de Cadeias de Valor Inclusivas, baseado no conceito geral de cadeia de valor (value chain approach), que considera cinco dimensões centrais:

Abelhas Nativas: mel produzido no quintal das comunidades

1. Econômica: a habilidade de gerar renda para a segurança alimentar;
2. Capacidades humanas: fortalecimento das organizações locais para que reivindiquem seus direitos cidadãos e sua participação ativa na economia, adquirindo voz e habilidade para influenciar políticas públicas;
3. Cultural: valorização da própria cultura, tanto material quanto imaterial;
4. Ambiental: valorização da biodiversidade e sua integração com a cultura local e melhoramento do uso e manejo dos recursos naturais.
No momento, atuamos em dois Programas: Ecoturismo de Base ComunitáriaAbelhas Nativas da Amazônia.