Documentário sobre o Marajó será exibido no Caribe

O filme de 52 minutos dá voz ao marajoara e mostra o cotidiano da população ribeirinha

O filme de 52 minutos dá voz ao marajoara e mostra o cotidiano da população ribeirinha. Foto: Arquivo Peabiru

O documentário ‘Expedição Viva Marajó’, de Regina Jehá,  continua recebendo convites para exibições fora do Brasil. Em novembro, o filme passou por quatro cidades da Áustria e agora fará parte da programação do Cinemas da America do Sul, na Martinica, território francês no meio do Mar do Caribe. “Nosso arquipélago vai se encontrar com um outro”, afirma a diretora do filme de 52 minutos, que dá voz ao marajoara e mostra o cotidiano da população ribeirinha do maior arquipélago fluviomarinho do mundo, o Marajó. A mostra acontece de 16 a 20 de abril.

O documentário foi apresentado nos dezesseis municípios do Marajó e participou de diversos festivais internacionais, entre eles o 24° FIPA Situation de La Création Internationale (França); o 4° Upto3 (Canadá); e o 9° Ischia Film Festival-Offical Selection (Itália). Foi produzido pela Lauper Films, com apoio do Fundo Vale, da VALE SA e do Instituto Peabiru, que desenvolve o Programa Viva Marajó.

Para filmar o ‘Expedição Viva Marajó’, a diretora Regina Jehá e sua equipe percorreram 2 mil quilômetros de rios, mostrando como se configura a relação com o tempo, com as marés e com a natureza em um dos territórios mais remotos do país. A obra destaca, ainda, a biodiversidade da região, o manejo de recursos naturais e seu patrimônio arqueológico.

Como parte do Programa Viva Marajó, do Instituto Peabiru, a ideia do documentário surgiu para apresentar os diferentes ecossistemas e culturas marajoaras para os próprios habitantes da região. É parte do esforço relacionado à candidatura do Marajó como Reserva da Bioesfera junto à Unesco.

Além do trabalho de valorização da cultura, o Viva Marajó desenvolve ações para melhorar a condição de vida marajoara, especialmente com as cadeias de valor de açaí, e na questão do ordenamento territorial e criação de unidades de conservação.

FICHA TÉCNICA

Expedição VIVAMARAJÓ

direção Regina Jeha

fotografia e câmera Emerson Bueno

edição José Carone Júnior

roteiro Regina Jeha

música Egberto Gismonti

direção musical Egberto Gismonti

som direto Ricardo Nascimento

colorista Ricardo Herling

color grading Lutcolor

pós-produção de áudio Zoo Audio Productions

sonorização Dan Zimmerman/ Michel Moreira

produção Maria Teresa Meinberg/ Regina Jeha

design gráfico Fernanda Martins/ Mapinguari Design

assistente de edição André Bomfim

Realização: Instituto Peabiru – Programa Viva Marajó

Patrocínio: Vale e Fundo Vale

, , , ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: