Belém recebe peregrinação em homenagem ao Glorioso São Sebastião

Por Instituto Peabiru
Publicado em 14/12/2021
Representantes da Irmandade de Devotos do Glorioso São Sebastião de Cachoeira do Arari rezam ladainhas durante Dia do Marajó, em Belém (Foto: Arquivo Instituto Peabiru)

Representantes da Irmandade dos Devotos do Glorioso São Sebastião de Cachoeira do Arari rezam ladainhas durante Dia do Marajó, em Belém (Foto: Arquivo Instituto Peabiru)

Os devotos do Glorioso São Sebastião podem participar até dia 09 de maio, em Belém, das peregrinações em homenagem ao padroeiro dos vaqueiros do Marajó. A imagem peregrina do santo chegou na última sexta-feira, 03, na escadinha do cais do porto da Estação das Docas. Durante o período que permanece na capital paraense, a Comissão dos Foliões, da Irmandade dos Devotos do Glorioso São Sebastião do município marajoara de Cachoeira do Arari, visita a casa de famílias devotas, órgão públicos e instituições que promovem a preservação dessa manifestação cultural do Marajó.

As peregrinações são acompanhadas de cantos e folias, com declamações de ladainhas em latim com sotaque caboclo. Em Cachoeira do Arari, a festa de São Sebastião é uma tradição secular elevada a Patrimônio Cultural do Estado do Pará, em 2010. Todos os anos são realizadas mais de 90 manifestações nos 16 municípios do arquipélago.

Viva Marajó – A valorização das manifestações culturais é uma das prioridades do Programa Viva Marajó, do Instituto Peabiru. A ONG apoiou desde o início o processo de criação do Instituto Glorioso São Sebastião (IDGSS), seja contribuindo para o diálogo com a Igreja Católica, seja colaborando em sua constituição, como na  criação de estatutos.

Para dar mais visibilidade à candidatura da Festividade do Glorioso São Sebastião como patrimônio imaterial junto ao IPHAN, que desde 2004 faz o inventário histórico da manifestação, o Instituto Peabiru promoveu em junho de 2011 um Dia do Marajó em Belém dedicado ao tema. Houve a participação do Bispo de Ponta de Pedras, Dom Alessio Saccardo Sj, da superintendente do IPHAN no Pará, Dorotéa Lima, e da Irmandade de São Sebastião de Cachoeira do Arari, representada por Ademar Feio.

***
Inscrever-se
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários