Equipe do projeto ATER-Marajó recebe visitas ilustres no Núcleo Operacional de Ponta de Pedras

Dona Cleonice Reis, Cleonice Reis, liderança do PAE Soberana, posa pra foto com equipe do ATER-Marajó

Dona Cleonice Reis, Cleonice Reis, liderança do PAE Soberana, posa pra foto com equipe do ATER-Marajó

O Núcleo Operacional do projeto de Assistência Técnica e Extensão Rural, realizado no arquipélago do Marajó (ATER-Marajó), localizado em Pontas de Pedras (PA) tem recebido visita de lideranças locais, produtores rurais e artistas da região. Nesta quarta-feira (09), por exemplo, quem aproveitou para conhecer o espaço e tomar um cafezinho com a equipe do projeto foi a Cleonice Reis, da liderança do Projeto de Assentamento Agroextrativista (PAE) Soberana.

“Eu vim até a cidade e resolvi conhecer onde trabalha a equipe que esteve em Soberana, fico feliz em saber que estamos cada vez mais próximos, vocês chegaram e cativaram todos no assentamento. Vamos continuar vindo aqui visitar vocês”, declarou Cleonice.

O produtor rural João Francisco, acompanhado de sua esposa, visitaram o Núcleo Operacional no dia 25 de março.

O produtor rural João Francisco, acompanhado de sua esposa, visitaram o Núcleo Operacional no dia 25 de março.

Mas ela não foi a única a visitar o núcleo. No final do mês passado, a equipe recebeu no dia 25 de março, o produtor rural João Francisco, acompanhado de sua esposa, moradores do assentamento Santana, comunidade de Laranjeira. A equipe do projeto também contou com a ilustre visita do escritor e poeta historiador local, Sércio Ferreira, juntamente com o filho Elias Ferreira, no dia 27 de março.

“É sempre uma felicidade receber pessoas no Núcleo Operacional. Esta, inclusive, é uma das funções de termos um escritório em Pontas de Pedras, que permite esse contato diário com os moradores locais, beneficiados ou não pelo projeto”, comenta Rosemiro Neto, coordenador de campo do ATER-Marajó, pelo Instituto Peabiru.

Francisco procurou o escritório na busca de informação sobre piscicultura. O produtor foi recepcionado pela técnica em aquicultura e pesca, Ediana Tavares, que detalhou as demandas de trabalhos do projeto e explicou resumidamente como funciona a criação de peixes em cativeiros.

“Recebemos um pedido do Sr Francisco para visitar a propriedade dele. Com certeza iremos lá, de acordo com o nosso calendário de atividades”, relata Ediana Tavares, técnica em aquicultura e pesca.

“Ficamos felizes de ouvir do Sr. Francisco que ele aguarda ansioso a chegada do Peabiru no assentamento Santana e que percebe que o Instituto veio para somar e contribuir com os trabalhos na região”, completa Rosemiro.

No centro da foto, o escritor e poeta historiador local, Sércio Ferreira, juntamente com o filho Elias Ferreira.

No centro da foto, o escritor e poeta historiador local, Sércio Ferreira, juntamente com o filho Elias Ferreira.

Já a visita do escritor, poeta e historiador de Ponta de Pedras, Sércio Ferreira e de seu filho Elias Ferreira, se deu após eles ficarem sabendo da presença do Instituto Peabiru no município. Na ocasião, os visitantes conheceram as instalações e a equipe de técnicos e técnicas do Núcleo Operacional e fizeram um convite especial.

“Deixo aqui um convite para que a equipe faça uma visita no Bairro do Campinho onde moro e possuo um vasto arquivo informativo sobre o município de Ponta de Pedras e também dos municípios que pertencem a Diocese do mesmo”, convidou Sércio.

O endereço do Núcleo Operacional é na Rua 30 de abril, 272 – Altos, em Ponta de Pedras/Marajó-Pará. Os horários de atendimento ao público são: de 8 às 12h e 14 às 18h00, com serviços de Assistência Técnica e Extensão Rural.

As atividades desenvolvidas pelo projeto ATER-Marajó fazem parte de uma ação do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) e do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), através da chamada pública 01/2013, lote 19, para promover assistência técnica e extensão rural com orientação produtiva para as comunidades da Amazônia. O Instituto Peabiru vai atuar durante 30 meses no desenvolvimento do projeto. Serão atendidas 676 famílias no total.

, , , , , , , ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: