Evento debate a realidade do trabalhador rural amazônico

DSC00451

Transporte do açaí na região amazônica (foto: Alan Kardek)

Com apoio do Instituto Peabiru e da Unicef, o Tribunal Regional do Trabalho da 8° Região (TRT8), que atua nos estado do Pará e Amapá, realizará nos dias 4 e 5 de dezembro o evento “Amazônia Rural, Trabalho Precário – Segurança e Saúde do Trabalhador no Pará e Amapá”. Durante os dois dias, palestrantes irão expor a realidade do trabalhador do meio rural amazônico. O objetivo é aumentar a visibilidade para questões como o trabalho precário, trabalho escravo e infantil.

“Podemos utilizar como exemplo a produção do açaí em nossa região. São muitos os riscos envolvidos, como se deparar com animais peçonhentos, a quebra da árvore, manuseio de facões e até mesmo atraso nos estudos”, revela João Meirelles, diretor geral do Instituto Peabiru, entidade que atua na Amazônia oriental e desenvolve estudos sobre a cadeia produtiva do açaí. “Conhecemos esta realidade. E nos perguntamos como podemos tornar esta e outras atividades seguras e que garantam a sustentabilidade financeira aos trabalhadores e familiares”, pergunta Meirelles.

Voltado para advogados, magistrados e demais operadores do direito, o evento também se dirige a gestores e profissionais da área da saúde do trabalho, assim como representantes dos executivos municipais do Pará e Amapá e demais interessados em discutir o tema. “Temos muitas perguntas orientadoras para o evento, nas quais a presença deste público será fundamental para um relatório final consistente e que sirva de ponto de partida para futuras ações, que visem a melhoria da qualidade de vida deste trabalhador”, comenta João Meirelles.

Entre as questões a serem debatidas durante o evento, estão: Quais os setores empregadores mais relevantes? Quais os setores onde há trabalho infantil? O que é trabalho informal no contexto da agricultura familiar? De que maneira ocorre o trabalho precário na agricultura e pecuária bovina? Dos setores rurais que atuam na Amazônia, quais podem ser considerados de alto risco para a incidência de trabalho escravo?

Confira a programação completa no site www.peabiru.org.br/amazoniarural.

 

Serviço
Evento Amazônia Rural – Trabalho Precário | Segurança e saúde do trabalhador no Pará e Amapá
Data: 4 e 5 de dezembro
Local: Auditório Aloysio Chaves – TRT8
Endereço: Travessa Dom Pedro I, 750 – Umarizal – Belém-PA
Inscrições: escolajudicial.secretaria@trt8.jus.br
Informações: (91) 4008-7280 (TRT8) | www.peabiru.org.br/amazoniarural

, , , , , , , , , ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: