Educação no ensino médio: Peabiru apresenta vídeo de projeto com INESC, Inst. Chapada e UNICEF

escolamarcioayres-tapanabelem

Imagem: Alunos preparam o mapa da escola, Escola Estadual Dr. Márcio Ayres, Tapanã, Belém, PA

O Projeto “Projeto Adolescentes em Movimento pelos Direitos” apresenta o vídeo abaixo como um de seus primeiros resultados. Este ação, fruto da parceria de 3 ONGs e a UNICEF, visa dar voz a adolescentes e jovens do último ano do ensino fundamental e dos três anos do ensino médio, em questões que afetam o mundo dos estudos e as comunidades em que estão inseridos. Entre as questões estão – quais são as suas impressões e opiniões sobre a instituição escola, o direito à educação e as suas implicações nos outros direitos, em especial, no direito aos territórios educadores.

A metodologia foi desenvolvida pelo INESC a partir dos aprendizados da Campanha “Fora da Escola não Pode”, e oferece a oportunidade de um novo olhar sobre o que foi apresentado em 2014, pela Campanha Nacional pelo Direito à Educação, da UNICEF. Na ocasião o  UNICEF tratou no Senado Federal, entre outras questões, sobre a evasão escolar e a educação de qualidade no Brasil.

Agora em 2016, a ação é ampliada com o Projeto Adolescentes em Movimento pelos Direitos, igualmente financiado pelo UNICEF. Liderado e com metodologia desenvolvida pelo INESC, o projeto se apresenta de forma mais abrangente, ouvindo três regiões no Brasil – escolas no Distrito Federal, a partir do trabalho do INESC; escolas da Chapada Diamantina, na Bahia, Nordeste, com o Instituto Chapada, e escolas em Belém, Pará, na Amazônia, com a facilitação do Instituto Peabiru.

A partir de outras ações em parceria com a UNICEF, como a Plataforma dos Centros Urbanos (PCU), e da colaboração de grupos de jovens da região, o Instituto Peabiru selecionou duas escolas estaduais, que apresentam realidades distintas na Região Metropolitana de Belém – a primeira na Ilha de Cotijuba, no Distrito de Outeiro; e, a segunda, no bairro do Tapanã, no Distrito de Bengui.

Entre os resultados, destacam-se:

  • A débil presença do poder público, que se reflete nos indicadores relacionados à educação (distorção idade-série e IDEB); e,
  • A grave situação de vulnerabilidade social destes adolescentes e jovens.

A discussão avança em questões como as causas da evasão escolar, e que ações devem ser consideradas para que todos permaneçam na escola, e alcancem o ensino superior ou uma oportunidade no mundo do trabalho, de acordo com os desejos e os direitos de cada um.

escolamartaconceicao-cotijuba

Imagem: Oficina com alunos da Escola Estadual Profa. Marta da Conceição, Ilha de Cotijuba, Belém, PA

O vídeo a seguir apresenta um pouco desta história.

Link para o Vídeo:  Adolescentes em Movimento Pelos Direitos INESC, Peabiru e Unicef

Ainda, em 1o de dezembro o INESC, Instituto Chapada, Instituto Peabiru, os jovens envolvidos de cada território no projeto e UNICEF apresentam os resultados na Câmara dos Deputados em audiência pública para Comissão de Legislação Participativa. Na perspectiva dessas vozes serem ouvidas nacionalmente.

emarcioayres2

Imagem: Apresentação dos resultados, Escola Estadual Dr. Márcio Ayres, Tapanã, Belém, PA.

,

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: