I Festival de Cinema Marajoara estreia com sucesso de público em Ponta de Pedras

WhatsApp Image 2017-06-30 at 21.36.46 (1)

Em 30 de junho, em Ponta de Pedras, no Marajó, foi aberto o I Festival de Cinema Marajoara. A estreia do festival aconteceu na cidade sede da Associação Cultural Dalcídio Jurandir (ACDJ). O circuito de exibições seguiu Marajó adentro –  Portel, Breves, Curralinho e encerra-se em Salvaterra (15 e 16/julho).

Em Ponta de Pedras, as sessões de cinema – abertas e gratuitas -, foram realizadas na Praça da Igreja Matriz, e na quadra do Centro Cultural Bertino Boulhosa, no sábado 1o de julho. Juntas, atraíram mais de 400 expectadores, de todas as idades.

O destaque do festival é a obra de ficção, Marajó Mulherrealizada pela Associação, dirigida por Pedro Nicácio e produzida pela produtora local VF2. Esta conta a história de três mulheres ribeirinhas marajoaras que crescem com sonhos e perspectivas diferentes, mas que têm em comum a vontade de trazer melhoras para a vida das mulheres de sua comunidade. Além de apresentar o modo de vida da mulher do marajoara, o filme pretende ser uma ferramenta de mobilização social nas discussões sobre gênero e da relevância do papel da mulher na sociedade.

A crítica social que emociona vem acompanhada de toques de humor – enlace típico das produções da ACDJ, que já ganhou visibilidade com curtas como “Tem boto na rede do Tunico” e “O Morto que Sabia Nadar” -, e por diversas vezes o público caiu na gargalhada diante das palhaçadas do bêbado Ademar ou das senhoras namoradeiras na festa na boca do rio. Dentre o público em Ponta de Pedras se encontravam alguns dos atores do filme, reconhecidos e aclamados entusiasticamente ao final das exibições.

WhatsApp Image 2017-06-30 at 21.36.46 (2)

O Festival exibiu ainda curtas locais da ACDJ e produções de outras regiões do Marajó, com destaque para Sou teu maninho – um grito Marajoara, de Chaves, e Vaqueiros e Encantados, de Cachoeira do Arari).

O filme e o festival foram realizado com o apoio do Instituto Peabiru através do Projeto Embarca Marajó. O Embarca Marajó é uma parceria entre o Instituto Internacional de Educação do Brasil (IIEB), Instituto Peabiru e Instituto Vitória Régia, com apoio do Fundo Socioambiental da Caixa Econômica Federal.

A iniciativa Embarca Marajó surge a partir da estratégia da Caixa Econômica de estimular o desenvolvimento e a sustentabilidade em comunidades do território Marajoara, estratégia esta prevista no Programa de DIST – Desenvolvimento Integrado e Sustentável de Territórios. O Projeto tem por objetivo implementar ações de desenvolvimento socioeconômico e ambiental sustentável, com vistas ao desenvolvimento local integrado a políticas públicas nos municípios onde trafega a agência Barco Ilha do Marajó, Pará (Bagre, Breves, Curralinho, Melgaço, Muaná, Ponta de Pedras, Portel, Salvaterra, São Sebastião da Boa Vista e Soure), e uma de suas ações é a de incentivar a produção local de filmes regionais através de amostra de cinema marajoara.

, , , ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: