Projeto Tipitix anuncia empreendedores selecionados para Ciclo de Desenvolvimento de Negócios

Reprodução: Hydro.com

No período de três meses, os participantes terão apoio para estruturar modelos de negócios em cadeias produtivas agrícolas no município de Barcarena.

Empreendimentos e iniciativas de grupos produtivos agroalimentares de Barcarena participaram de seleção para participação no primeiro ciclo de desenvolvimento do Tipitix.
Foto: Raoni Godinho


Fundo de Sustentabilidade Hydro, Fundação Mitsui Bussan do Brasil e Instituto Peabiru divulgam os selecionados para o primeiro Ciclo de Desenvolvimento de Negócios do projeto Tipitix – Empreendedorismo agroalimentar comunitário, uma inciativa de promoção de soluções de desenvolvimento sustentável na Amazônia. Foram escolhidos 14 empreendedores, individuais ou em grupos, que receberão suporte em assessoria técnica na adequação de seu modelo de negócio; infraestrutura para o beneficiamento de sua produção; apoio em design, crédito e assessoria comercial para colocar o produto e/ou serviço no mercado; assim como suporte administrativo e contábil para os procedimentos referentes à formalização e gestão do negócio.

Após a inscrição, de acordo com os critérios do edital de lançamento do Tipitix, os candidatos apresentaram suas ideias de negócios à equipe do projeto, propostas voltadas ao beneficiamento e/ou a comercialização de produtos da agricultura familiar do município de Barcarena e região.

O Tipitix foi lançado em março deste ano. Investimento voluntário e espontâneo, o projeto receberá o valor de R$ 1,5 milhão para instalação de uma unidade de beneficiamento, que oferecerá oportunidades a empreendedores e grupos sociais da região. Além de um espaço para o beneficiamento da mandioca em Barcarena, dando origem a vários produtos, o projeto proverá estratégias de marketing e comercialização, facilitando o acesso desses produtos ao mercado e a novos compradores, como pequenos estabelecimentos comerciais da região, operadores de restaurantes industriais do município e startups de inovação na cadeia agroalimentar.

O Instituto Peabiru é o parceiro implementador do Tipitix e ficará responsável pela administração inicial do projeto, até que seja fortalecido um grupo local para sua gestão no futuro. Também fará a mobilização e seleção dos beneficiários da unidade de negócio. A seleção dos usuários buscará garantir, de forma ampla e equitativa no território, o acesso dos diversos grupos produtivos locais às oportunidades oferecidas pelo projeto. Esse processo se inicia com a definição de critérios de participação, elaboração e lançamento de uma chamada pública, seleção de participantes e cadastro e formalização dos beneficiários.

, , ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: