Protocolos de prevenção e segurança


Com a pandemia de Covid-19, o Instituto Peabiru buscou padronizar as medidas de prevenção e segurança para garantir a integridade da equipe e de prestadores de serviços nas atividades de trabalho, em campo e no escritório.Foram elaborados protocolos com base nas orientações das autoridades sanitárias e com o suporte e supervisão de uma técnica em segurança do trabalho.

Para referência e uso, compartilhamos aqui estes documentos publicamente.

Plano de Contingência do Instituto Peabiru no contexto da pandemia de Covid-19

O Plano de Contingência foi elaborado em consonância à emergência em saúde pública declarada pela Organização Mundial da Saúde em março de 2021. O Plano é estabelecido pelo Instituto Peabiru para nortear as ações de enfrentamento, prevenção e controle do novo Coronavírus em suas atividades e aponta o planejamento de ações a curto, médio e longo prazo para o cenário de pandemia, definindo sua estrutura de comando. Todos os protocolos de segurança são pautados em diretrizes do Ministério da Saúde e de Segurança do Trabalho e são adjacentes ao Plano de Contingência.

Protocolo de Segurança – Administrativo – Boas Práticas

O Instituto Peabiru elabora seu Protocolo de Boas Práticas que reúne recomendações e dispõe sobre ações para prevenção do vírus nas instalações de sua sede. Para intensificar a proteção de seus colaboradores e colaboradoras, o Peabiru traz recomendações baseadas nas diretrizes mais recentes das autoridades de saúde brasileiras e internacionais e reforça a importância de seguir as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS), do Ministério da Saúde e da Secretaria de Saúde do Estado do Pará para a contenção da pandemia de Covid-19.

Protocolo de Segurança – Retomada Atividades de Campo e Projetos

Neste documento, os protocolos para mitigação de riscos estão relacionados a visitas, convivência e desenvolvimento de atividades em geral relacionadas aos projetos executados pelo Instituto Peabiru. Espera-se contribuir para redução de contágio da Covid-19 e que este seja um documento dinâmico, capaz de agregar normas e sugestões de boas práticas, de acordo com as experiências e aprendizagens que serão acumuladas ao longo da retomada das atividades de campo.



%d blogueiros gostam disto: