Instituto Peabiru lança marco contextual do território Belém Ribeirinha

Por Instituto Peabiru
Publicado em 14/12/2021
3841011162_8e66fb8782_o

Pelo menos 20 mil pessoas vivem no território Belém Ribeirinha. (Foto: Tiago Chaves)

 

Com atuação há quase 10 anos no território Belém Ribeirinha, o Instituto Peabiru preparou um marco contextual sobre a região. No documento, é apresentado um panorama geral sobre a situação social e econômica das cerca de 50 ilhas que compõem o território, sendo 39 apenas dentro do município de Belém, e que abrigam pelo menos 20 mil  pessoas. São famílias fortemente relacionadas ao modo de vida tradicional, com acesso fluvial irregular e que vivem do extrativismo e da agricultura familiar.

O marco contextual alerta ainda para o desmatamento crescente no território e para problemas como o aumento da poluição das águas, com derramamento de óleo de navios e falta de tratamento de esgotos. Outro pontos críticos também são abordados, como a insegurança familiar com conflitos e grilagem, a baixa geração de emprego, a forte migração de jovens em busca de educação e acesso a serviços urbanos e a prostituição infantil.

***
Inscrever-se
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários