Óleo de Palma: Instituto Peabiru publica relatórios de iniciativas desenvolvidas

Projeto Indicadores de Sustentabilidade. Foto: Rafael Araújo

Projeto Indicadores de Sustentabilidade. Foto: Rafael Araújo

Desde 2009, o Instituto Peabiru realiza pesquisas e ações pioneiras dentro da cadeia de valor da palma (Elaeis guineensis), conhecida como dendê. Em 2014, o Programa Dendê, em parceria com a Agropalma SA contemplou duas iniciativas de longo prazo – o Projeto Indicadores de Sustentabilidade da Agricultura Familiar, e a construção da Agenda 21 Local no Distrito de Palmares.

O primeiro teve como objetivo monitorar o impacto da relação comercial da empresa com os agricultores familiares em seu modo de vida; e, o segundo, fortalecer a capacidade da população de Palmares em buscar seus direitos civis, assumindo o protagonismo no processo de desenvolvimento local.

Os relatórios finais desta iniciativas podem ser conferidos de forma online no site do Instituto Peabiru. Veja nos links abaixo:

Para desenvolver os projetos, a equipe do Instituto Peabiru usou como metodologia a pesquisa ação participativa, o que gerou processos de transformação social. Entre as principais conclusões dos relatórios, “a inclusão de jovens e mulheres na aplicação dos Indicadores de Sustentabilidade, como estratégia para mitigar sua baixa, ou mesmo nula, participação nas negociações externas à família, permitiu o monitoramento do desenvolvimento local de maneira a fortalecer esses grupos”.

No caso da Vila dos Palmares, “os resultados do monitoramento indicam que a grande maioria dos avanços resultaram de acordos durante as reuniões temáticas. Nestas oportunidades os atores de diferentes partes puderam dialogar e assumir responsabilidades  compartilhadas”.

Vídeo sobre o Projeto Indicadores de Sustentabilidade

Desafios – O Instituto Peabiru avalia que o principal desafio relacionado à cadeia de valor da Palma, se refere a conciliar os diferentes interesses e culturas das organizações envolvidas na cadeia de valor (empresas e comunidades). A nosso ver, é prioritária a internalização dos aprendizados dos estudos acima apresentados às práticas e políticas empresariais, e às políticas públicas relacionadas à produção do biodiesel e agricultura familiar.

Outro desafio consiste na busca de maior atenção do poder público para a implementação de Planos de Desenvolvimento para os municípios e regiões relacionadas à cadeia de valor, o que é proposto a partir da abordagem participativa utilizada na Vila dos Palmares.

No momento, o Instituto Peabiru dedica-se a construir parcerias para analisar e monitorar o trabalho seguro na palma.

Saiba mais sobre esta e outras iniciativas na cadeia de valor da Palma, clicando aqui.

, , , , , , , , ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: