Financiadores

FINANCIADORES 

Divididos pela natureza dos financiadores: Empresas, Institutos e Fundações Empresariais;  Organismos públicos; Cooperação internacional; e Entidades Sem Fins Lucrativos.

Empresas, Institutos e Fundações Empresariais – em andamento

  1. Akzo Nobel (Tintas Coral – Programa Tudo de Cor) [Programa ProGoeldi – Revitalização dos muros e edificações históricas do Parque Zoobotânico do Museu Goeldi, Belém, PA – 2016 – atual] vide:  https://peabiru.org.br/progoeldi/
  2. Guamá Resíduos Sólidos [desde julho de 2017]

Empresas, Institutos e Fundações Empresariais – Principais Projetos concluídos (últimos 5 anos)

  • Agropalma SA [Estudo para o Distrito de Palmares, Tailândia, Pará – 2017];
  • Banco da Amazônia [Patrocínio para Espaço Museu Goeldi – Programa ProGoeldi, julho de 2017]
  • Banpará [Programa ProGoeldi [Campanha de Revitalização do Parque Zoobotânico do Museu Goeldi, Belém, PA, 2016];
  • Editora Metalivros [Edição das obras: Grandes Expedições à Amazônia Brasileira, 2009 e 2011; Rios do Brasil, 2016, Patrimônio Natural Privado do Brasil, 2016; Conservação de Fauna Silvestre do Brasil, janeiro de 2017];
  • Energizer do Brasil [Projeto 1 milhão de lâmpadas, 2014],
  • Fundação Vale [Estudo relacionado à Estrada de Ferro Carajás],
  • Hydro Sa [Avaliação de Reintegração de Posse em Barcarena, PA, 2017],
  • Instituto Lojas Renner [Edital financiou Escola Cotijuba de Negócios, 2015];
  • Imerys Rio Capim Caulim SA [Programa ProGoeldi – apoio ao Espaço Goeldi150, 2016];
  • Philips do Brasil (Ilumine seu Jogo) [Quadras esportivas em Curralinho e Ilha de Cotijuba, Belém, PA, 2015]

Organismos públicos – em andamento

  1. BNDES – FUNDO AMAZÔNIA – edital público – [Néctar da Amazônia – criação de abelhas nativas silvestres em Almeirim, Curuçá, Monte Alegre, PA e Macapá e Oiapoque, AP – desde 2014 – atual] vide https://peabiru.org.br/nectardaamazonia/
  2. Fundação Banco do Brasil – edital público – [Meliponicultura–Vetor de inclusão social, incremento de renda e boas práticas de manejo, Curralinho, Marajó – desde junho de 2017]

Organismos públicos – principais projetos concluídos (últimos 5 anos)

  • INCRA  [Serviços de Assistência e Técnica e Extensão Rural, Ponta de Pedras e Cachoeira do Arari, Pará – 2013] e [Serviços de Assistência e Técnica e Extensão Rural, Belém, Ananindeua, Pará – 2015];
  • Petrobras Socioambiental, PETROBRAS [Marajó Viva Pesca] e [Casa da Virada, Curuçá, PA]
  • TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO TRT-8 (Programa Trabalho Seguro)[estudo sobre trabalho seguro no açaí – 2015]

Cooperação internacional – Principais projetos concluídos (últimos 5 anos):

  • PNUD – Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento/MMA – Ministério do Meio Ambiente [Projeto de Fortalecimento dos Arranjos Produtivos Locais (APLs) do Açaí e da Andiroba no Marajó, Pará 2012-2015];
  • UNESCO – Criança Esperança (Rede Globo e UNESCO) [Projeto Meu Mangue, Educação e Ambiente];
  • UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância) 1. [Selo Município Aprovado -Desenvolvendo competências municipais e comunitárias para realização dos direitos de crianças e adolescentes na Amazônia Legal Brasileira, Fase III, 2014-2016] 2.[ Protagonismo de Adolescentes na Realização da Plataforma dos Centros Urbanos PCU Belém: JUVA & Viva Melhor Sabendo Jovem 2015-2016]

Entidades sem fins lucrativos – em andamento

  1. IDEAAS (Instituto para o Desenvolvimento de Energias Alternativas e da Auto Sustentabilidade)[Implantação do projeto “Luz para uma vida melhor” – 2017]

Entidades sem fins lucrativos – principais projetos concluídos (últimos 5 anos):

  • INESC [Projeto ONDA – Adolescentes em movimento pelos direitos – 2016]
  • IEB (como líder gestor de ação em parceria com Fundação Vitória Régia e Instituto Peabiru, pelo Fundo Socioambiental Caixa) [Projeto Embarca Marajó – 2015 a 2017]

 

 

 

%d blogueiros gostam disto: