Amazônia Trabalho Precário

15953327865_964302ceed_o

Evento Amazônia Rural – Trabalho Precário, realizado nos dias 4 e 5 de dezembro, no TRT 8 (foto: Flickr/TRT8_oficial)

 

Evento Amazônia Rural, Trabalho Precário – Segurança e Saúde do Trabalhador no Pará e Amapá

As dimensões do trabalho, o trabalho infantil e o trabalho escravo no meio rural amazônico, fizeram parte dos temas debatidos durante o evento “Amazônia Rural, Trabalho Precário – Segurança e Saúde do Trabalhador no Pará e Amapá”, promovido pelo Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região, em parceria com Ministério Público do Trabalho, o UNICEF e o Instituto Peabiru, nos últimos dias 04 e 05 de dezembro. Durante a abertura, o Presidente do TRT8, Desembargador do Trabalho Francisco Sérgio Silva Rocha, destacou que “o evento representa um compromisso institucional, que visa fomentar e promover um diálogo com a sociedade civil, estabelecendo padrões comportamentais que auxiliem no trabalho seguro”.

De acordo com o Desembargador do Trabalho Walter Roberto Paro, Gestor Regional do Programa Trabalho Seguro, implementado pelo CSJT e TST, e desenvolvido regionalmente pelos TRTs, o objetivo do evento foi plantar uma semente de reflexão, disponibilizando ideias e dados à sociedade, para oxigenar a nossa forma de ver e de pensar. “Entendo que este é o primeiro passo, que promete dar muitos frutos”, afirmou. Representando a Procuradoria Regional do Trabalho da 8ª Região, a Procuradora-Chefe, Gisele Góes, destacou durante a abertura que “é muito importante este momento de diálogo com a sociedade, pois não adianta somente a atuação repressiva, é preciso começar a entender a realidade que se tem hoje na Amazônia Rural, não no sentido da universalização, mas da regionalização”.

Clique aqui e leia a cobertura completa do evento na página do TRT 8.

Leia tambémEvento debate a realidade do trabalhador rural amazônico

Fotos do Evento

Acesse as fotos do evento pelo Flickr do TRT8. Clique aqui.

Objetivos do evento:

Aumentar a visibilidade da questão da segurança e saúde do trabalhador relacionada ao meio rural da Amazônia, especialmente do Pará e Amapá;

Demonstrar a relevância do trabalho precário, trabalho escravo e trabalho infantil no meio rural;

A quem se dirigiu:

  • Operadores do direito – magistrados, procuradores do trabalho, advogados, professores e estudantes e profissionais da área de saúde e trabalho;
  • Gestores regionais e nacionais do trabalho seguro;
  • Profissionais da área pública e privada de saúde do trabalho, como participantes de CIPA, médicos do trabalho e responsáveis na elaboração de programas de saúde PPRA, PCMSO, LTCAT e outros;
  • Gestores públicos estaduais e municipais, especialmente no Pará e Amapá;
  • Associações de municípios do Pará e Amapá;
  • Associações e Sindicatos patronais rurais e sindicatos de indústrias relacionadas;
  • Sindicatos das trabalhadoras e trabalhadores rurais (STTR);
  • Profissionais da área ambiental – Policia Ambiental, Secretaria de Meio Ambiente de Estado etc.;
  • Organizações da sociedade civil relacionadas às temáticas;
  • Imprensa.

Documentos

Programação

Apresentações

Clique nos arquivos abaixo para fazer o download das apresentações utilizadas pelos palestrantes do evento.

Bibliografia

Dra. Suzy Elizabeth Koury

Fundacentro

1 – Cana de açúcar

2 – Abacaxi

Dr. Guataçara Gabriel

Instituto Peabiru

Artigos

Vídeos

Em breve confira também os demais vídeos das apresentações do evento

Tema 3 – Trabalho precário na agricultura familiar e no agronegócio

  • Dr. Guataçara Gabriel, traumatologista e coordenador do pronto-atendimento e acolhimento do Hospital Metropolitano, Belém, PA – Acidentes no contexto do extrativismo do açaí.

 

%d blogueiros gostam disto: